Moção contra o projeto que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas do Recife

Nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro, um grupo de estudantes e trabalhadores compareceram à Câmara de Vereadores do Recife com o propósito de barrar a votação do Projeto de Lei nº 130, criado pela vereadora Marília Arraes com o objetivo de proibir o consumo de bebidas alcoólicas nas vias públicas da cidade do Recife. O ato foi convocado através do facebook (ver aqui).

Para quem não está acompanhando a tramitação, cabe lembrar que a vereadora havia apresentado três projetos de lei à Câmara, e tais projetos foram aprovados em primeira discussão na última quarta-feira, dia 7 de dezembro. Depois da postagem da aprovação dos projetos em sua página do Facebook (ver aqui), centenas de comentários foram publicados, em sua esmagora maioria contrários ao projeto nº 130. Diga-se de passagem, comentários de excelente nível de argumentação foram postados.

Destaco também dois textos escritos analisando os acontecimentos. Um deles intitulado “Os erros do projeto de Lei contra o consumo de bebidas“. E outro texto analisando de forma bastante contundente a nossa participação política nas questões de interesse social, intitulado “Marília, a culpa é nossa“.

Um fato curioso que gostaria de apontar é que eu e outras pessoas (ainda não sei ao certo quantas) fomos bloqueados na página do Facebook de Marília Arraes, e neste momento em que escrevo (19h44), aparentemente está ocorrendo uma “limpeza geral” nas seções de comentários de sua página… Para pouca sorte da vereadora, sou um blogueiro precavido e tenho salvo aqui comigo centenas de comentários. Se for o caso, publicarei noutro momento esses comentários que, ao que tudo indica, foram sumariamente excluídos.

Voltando ao PL, e narrando o dia de hoje, antes de publicar a moção de repúdio aprovada nesta tarde. Para quem ainda desconhece os três projetos, eles podem ser lidos aqui.

Na manhã de hoje, um grupo de pessoas foi até o gabinete da vereadora, para tentar convencê-la a abandonar o PL nº 130. Depois de algumas conversas, a vereadora informou que iria apresentar propostas de mudanças no PL e que, por causa disso, ele voltaria às comissões responsáveis por sua análise.

Porém, quando a sessão de discussões começou à tarde, verificamos que a votação do PL nº 130 não havia sido retirada da Ordem do Dia. Em seguida, assessores do vereador Osmar Ricardo (PT) procuraram nosso grupo informando que o vereador estava se colocando ao nosso lado para lutar contra a aprovação do PL. Um pouco depois a votação do PL foi temporariamente suspensa.

Nesse intervalo, escrevemos uma moção de repúdio ao PL, que segue logo abaixo:

MOÇÃO DE REPÚDIO AO PROJETO DE LEI Nº 130/2011, DA VEREADORA MARÍLIA ARRAES

Consideramos o Projeto de Lei 130/2011, de autoria da Vereadora Marília Arraes (PSB), um ato legislativo que vai de encontro a diversos interesses da sociedade recifense.

Consideramos o seu caráter elitista e antipopular, por privilegiar classes sociais com poder aquisitivo para frequentar ambientes fechados (boates, grandes bares e restaurantes), em detrimento de espaços abertos, característicos dos nossos bairros. Consideramos também que tal projeto segue uma tendência de negar cada vez mais aos indivíduos o contato social comunitário essencial para a construção de uma plena cidadania.

Verificamos também que houve um uso equivocado dos números estatísticos que fundamentam o PL. Analisando as estatísticas apresentadas pela SDS e utilizadas como justificativa pela Vereadora, chegamos à conclusão que, em contextos envolvendo bebida, o percentual de homicídios em via pública cai de 69% (homicídios em geral na via pública) para 51%, de modo que o consumo de álcool tem uma leve (e insignificante) correlação inversa com o homicídio em via pública.

E ainda, que ao levar-se em consideração que somente 15% dos homicídios de Recife envolvem bebida, esse percentual de 51% (homicídios envolvendo bebida que ocorrem na via pública) propalado pela assessoria da Vereadora significa na verdade 51% desses 15%, ou seja, 7,65%. Quer dizer, somente 7,65% dos homicídios na cidade ocorrem nas circunstâncias que a vereadora quer proibir.

Então qual a percentagem dos assassinatos que ocorreram nas circunstâncias que a lei pretende proibir? A conjunção em estatística é feita pela multiplicação, então a percentagem dos casos de CVLI em CCE ocorridos em espaço público é de 17% x 51%, ou seja, 8,67%, menos de um décimo dos homicídios ocorridos em Pernambuco. A lei aprovada em primeira discussão só tem capacidade de inibir menos de um décimo dos homicídios que ocorrem.

Com isso, consideramos notório o uso equivocado dos números estatísticos, bem como a ineficácia do PL em questão para reduzir de forma significativa o número de homicídios na nossa cidade. Consideramos também um erro a falta de clareza sobre como será de fato relevante a aprovação do PL para reduzir o número de homicídios, levando em conta a restrição sumária do direito de toda a população da cidade em poder usufruir o direito civil de livre circulação nos espaços públicos.

Outro fator que a Vereadora não tratou de esclarecer a opinião pública, representada nesta Casa, é relativa ao crescimento evidente do número de desemprego na cidade, uma vez que milhares de donos de pequenos bares e botecos terão suas atividades proibidas. Segundo a Abrasel, cerca de 8.000 postos de empregos serão fechados, sem que a Vereadora apresente qualquer tipo de esclarecimento sobre os efeitos econômicos, sociais e culturais do PL de sua autoria.

Por tudo isto exposto, repudiamos o Projeto de Lei nº 130/2011 de autoria da Vereadora Marília Arraes.

Fonte: Pedeandada

Anúncios

Uma resposta em “Moção contra o projeto que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas do Recife

  1. Pingback: Matérias relacionadas | #contraplbebidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s